Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

Guia CBLoL 2022: Flamengo Esports, de promessa do cenário à polêmicas

Organização está presente no competitivo cerca de dois anos

0

O Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL)  irá retornar em 2022 partir de 22 de janeiro. Adotando novamente o sistema de franquias , a competição conta com disputas entre 10 equipes, sendo o Flamengo Esports uma delas.

A redação da Pichau Arena preparou um guia especial do rubro-negro para a próxima temporada, relembrando elencos que já passaram pela equipe, momentos memoráveis da organização e também polêmicas recentes envolvendo a gestão de atletas que vestiram a camisa do clube.

 

O Fla de 2022

Imagem: Reprodução/Flamengo Esports

A equipe contou com exposições na imprensa em 2021 acerca de más práticas de gerenciamento de organização, atraso de pagamento e até falta de comida para jogadores da série B. A apuração foi feita pela reportagem da ESPN Esports Brasil.

Em outra matéria, também da ESPN, a Riot Games, organizadora do CBLoL, disse que “está analisando as informações recebidas e avaliando o caso cuidadosamente”.

Mesmo assim, por conta do sistema de franquias, o rubro-negro irá participar do primeiro split de 2022 é conta comArthur “Tutsz” Peixoto Machado no mid, que foi o único profissional que permaneceu na line-up.

LoL: Com Tutsz, Flamengo anuncia line-up para CBLOL 2022

O Fla conta com o retorno de Felipe “Sorry” Boal na top lane, a presença do jungler Wyllian “asta” Adriano e a bot lane reformulada com os pro players Gabriel “Bounty” Vieira Donne e Luiz Felipe “Flare” Lobo.

 

Dos campos de futebol para Summoner’s Rift

Imagem: Reprodução/Flamengo Esports

O Fla deixou de ser uma equipe de esportes tradicionais e começou a trilhar seu caminho nos eSports no fim de 2017. Chegou ao League of Legends (LoL) como um competidor de peso e com grande investimento em comparação á organizações tradicionais da modalidade.

Inclusive, com o capital aplicado, outros times tiveram seu fim por não terem como competir financeiramente com o clube carioca na compra e troca de jogadores profissionais, prática comum no LoL.

 

Elencos

Imagem: Reprodução/Flamengo Esports

2018 (Circuito Desafiante – 1º split)
Park “Jisu” Jin-cheol, Thúlio “SirT” Carlos, Danniel “Evrot” Franco, Felipe “brTT” Gonçalves e André “esA” Eidi.

2018 (Circuito Desafiante 2º split)
Park “Jisu” Jin-cheol, Lee “Shrimp” Byeong-hoon, Bruno “Goku” Miyaguchi, Felipe “brTT” Gonçalves e André “esA” Eidi

Rubro-negro ergueu troféu do segundo split do CBLOL 2019 | Imagem: Reprodução/Riot Games

2019 (CBLOL – 1º, 2º split e Mundial de League of Legends)
Leonardo “Robo” Souza, Lee “Shrimp” Byeong-hoon, Bruno “Goku” Miyaguchi, Felipe “brTT” Gonçalves e Han “Luci” Chang-hoon.

Após vencer o prêmio de Craque da Galera, BrTT anuncia pausa na carreira

2020 (CBLOL – 1º split)
Jeong “WooFe” Woo-cheol, Filipe “Ranger” Brombilla, Bruno “Goku” Miyaguchi, Luis Felipe “Absolut” Carvalho e Han “Luci” Chang-hoon.

2020 (CBLOL – 2º split)
Felipe “Bankai” Boal (atual Sorry), Filipe “Ranger” Brombilla, Bruno “Goku” Miyaguchi, Lucas “Luskka” Rentechen e Ju “Bvoy” Yeong-hoon.

2021 (CBLOL – 1º split)
Lee “Parang” Sang-won, Filipe “Ranger” Brombilla, Arthur “Tutsz” Peixoto Machado, Luis Felipe “Absolut” Carvalho e Ygor “RedBert” Freitas.

LoL: Flamengo anuncia saída de Ranger, jungler da equipe

2021 (CBLOL – 2º split)
Lee “Parang” Sang-won, Filipe “Ranger” Brombilla, Arthur “Tutsz” Peixoto Machado, Lucas “Netuno” Flores e Ygor “RedBert” Freitas.

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x