Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

Com quatro Booyahs, a Phoenix Force é campeã da FFWS 2021

0

A Phoenix Force é campeã do Free Fire World Series 2021. Neste domingo (30), a equipe mostrou um desempenho surpreendente, e venceu o campeonato mundial na Sands Expo and Convention Center em Singapura, faturando o prêmio de $ 500 mil, bem como o troféu do torneio. O jogador The Cruz foi o MVP com 23 abates. 

A Phoenix Force apresentou-se como uma equipe ofensiva, manteve-se em primeiro na tabela e aumentou a vantagem de pontos, abaixando as possibilidades das  adversárias em alcança-la. Com 36 pontos a menos, a LOUD terminou em segundo, seguida da Silence em terceiro lugar. 

As equipes brasileiras não conseguiram Booyahs, mas finalizam a competição na segunda e quarta posição. Fluxo conquistou a vaga direto para a final da competição após ter se consagrado vencedor da Liga Brasileira Free Fire Season 4. Enquanto a LOUD garantiu  após ter sido o vice na etapa de Play-In e se classificou junto com outros dois times.

Confira as equipes que participaram da FFWS:

  • Fluxo 
  • Burst The Sky 
  • EVOS Esports ID 
  • Geek Fam 
  • LGDS 
  • Phoenix Force
  • Silence 
  • Team Aze 
  • VIP Esports 
  • First Raiders
  • LOUD
  • HQ Esports

 

Resumo das partidas:

Primeira queda

O Mundial foi decidido em seis quedas, a primeira, em Bermuda, começou  agressiva, assim que pousaram, a First Raiders conseguiu First Blood com a Geek Fam. As trocas iniciais das equipes brasileiras foram decisivas para suas permanências na partida, LOUD enfrentou a SEE e Will foi abatido, Cauan estava longe do resto da equipe e enfrentou a EVOS sozinho, enquanto Kroonos precisou rotacionar para sobreviver quando ficou sozinho na partida.

O Fluxo começou mais recuado, no entanto, ao trocar com a First Raiders, a equipe sofreu muito dano e perdeu três jogadores, o sobrevivente Godkill, que não durou e caiu muito cedo na partida, em 10º lugar. Enquanto isso Kroonos seguiu, mas recuado, para garantir uma posição favorável para o time, o jogador conseguiu um abate em cima da HQ e com a sua experiência, a LOUD terminou em quinto lugar. O Booyah ficou com a Phoenix Force, somando 23 pontos e 11 abates na tabela pós-queda e seu jogador The Cruz foi o destaque do mapa com sete kills.

Segunda queda

Na segunda queda, ao contrário da anterior, os times brasileiros fizeram um bom início de jogo. A partida começou com uma LOUD mais agressiva e iniciando a trocação contra a EVOS, os brasileiros garantiram o First Blood, porém perderam Cauan. No entanto, o time terminou em 10º ao ser abatida pela Silence.

O Fluxo apresentou uma postura mais agressiva, quando entrou na área safe, foi iniciada a trocação contra a EVOS, confronto favorável para os brasileiros, com o triple kill de JapaBKR. O Fluxo conseguiu segurar na queda e conquistar uma boa posição, até cair em quinto. Enquanto isso, o Booyah novamente foi conquistado pela Phoenix, que somou 46 pontos e 22 abates. 

Terceira queda

Na terceira queda, no Purgatório, começa com alterações no Fluxo, Fac é substituído por Syaz. A primeira equipe a sair da partida é a BTS, já o Fluxo enfrentou a LGDS e a First Raiders, e conseguiu abates em ambos os times. 

Em outro momento, a First Raiders avançou para atacar a LOUD, mas foi surpreendida pela a equipe brasileira que a obrigou a recuar. Enquanto o Fluxo enfrentava Geek, First Raiders, LGDS e AZE, pouco depois, a LOUD também se juntou ao confronto e conseguiu abates importantes, e o Fluxo eliminou o último jogador Geek.

Se aproximando do final, a LOUD e Fluxo conseguiram eliminar outras equipes e chegaram no TOP3 junto com a Phoenix Force, mas a equipe tailandesa levou o Booyah. Com três Booyahs, a Phoenix seguiu em primeiro, aumentando a vantagem com 64 pontos. Aos poucos as equipes brasileiras acumularam pontos e conseguiram posições melhores na tabela.

Quarta queda

EVOS foi a primeira a cair na quarta queda, eliminada pela LOUD. Fac retorna no lado do Fluxo no lugar de Godkill. Próximo ao meio da partida, a VIP enfrentou a Phoenix, em um confronto acirrado, a equipe tailandesa sofreu muito dano, mas abateu a adversária. Mesmo com um jogador a menos a Phoenix seguiu forte na queda. 

Fluxo que até o momento ainda tinha todos os seus membros, foi atacada por BTS e Phoenix, com isso, caiu na sexta posição. A LOUD ficou entre os três últimos times, mas Phoenix não a deixou avançar. No entanto, surpreendentemente, a HQ quebrou a sequencia de Booyahs da adversária e foi a vencedora da queda.

Novamente na tabela, o primeiro lugar estava com os tailandeses, enquanto a LOUD integrou o TOP3, seguida do Fluxo em quarto.

Quinta queda

Na penúltima queda, a LGDS foi a primeira eliminada contra a Geek, seguida da AZE pela LOUD, em seguida a equipe brasileira consegue abates importantes contra a VIP e acumulou sete kills em seis minutos de queda. Em confronto entre Fluxo e EVOS, Fac consegue quadra kill e permaneceu na partida apenas com Nobru. 

Próximo ao final da queda, LOUD garantiu abates importantes, no entanto, ao mesmo tempo que conseguiu abater jogadores de diferentes equipes, esses times reagiram e o Fluxo foi responsável pelo golpe da eliminação da adversária. Nobru se destacou no final da queda, abates rápidos e conseguiu manter o Fluxo até o segundo lugar, quando foi eliminado pela HQ, vencedora da partida.

Na tabela pós-queda, Phoenix Force permaneceu no topo com 97 pontos, seguida da LOUD e do Fluxo. 

Sexta queda

Na última queda, as equipes fizeram uma partida de ataques rápidos. O Fluxo foi o primeiro eliminado na última queda, já a LOUD eliminou a LGDS e a Team AZE, a equipe seguiu bem no jogo até enfrentar a EVOS, apenas Will sobreviveu e segurou até garantir o quarto lugar para a LOUD. Os times caíram muito rápido, quando restou apenas Phoenix, EVOS e SEE, a Phoenix superou as adversárias e levou mais um Booyah e somou 113 pontos, se tornando a campeã do FFWS 2021.

Veja a tabela final do campeonato:

Tabela da FFWS 2021
Imagem: Reprodução/ Free Fire – Brasil

Além disso, segundo a Esports Charts, o World Series 2021 bateu 5,9 milhões de telespectadores já na primeira queda, com isso ultrapassou o recorde do mundial de 2019, que obteve  3.9 milhões,

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x