Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

Sentinels vence FNATIC por 3×0 e é a campeã do VALORANT Masters Reykjavik

0

Sem perder um único mapa em todo o torneio, a equipe norte-americana Sentinels disputou a grande final do VALORANT Masters Reykjavik contra a FNATIC e venceu a série por 3×0.

Com isso, a Sentinels é a primeira campeã mundial de VALORANT.

Veja, abaixo, como foi o confronto:

Split

Em um primeiro mapa extremamente disputado, a Sentinels abriu a série com a vitória garantida após a prorrogação.

Com a primeira metade terminando em 7×5, o jogo ainda estava bastante aberto para ambas as equipes. A leve vantagem da equipe norte-americana permitiu que disparassem o placar para 10×5 a favor da defesa.

A FNATIC, porém, acordou para o jogo e impediu que a Sentinels finalizasse o primeiro mapa com facilidade. Empatando no 10×10, a equipe de Jake “Boaster” buscou jogo e empurrou a decisão para a prorrogação.

Apesar da boa atuação dos europeus da metade para o final, a Sentinels finalizou o mapa com 14×12 e abriu sua primeira vitória na série.

Bind

Em outro mapa que foi empurrado para a prorrogação, as duas equipes mostraram um desempenho bastante semelhante. Escolha dos europeus, a Bind foi o segundo mapa da série e terminou com um placar de 16×14, novamente para a Sentinels.

Com 2×0 para os norte-americanos, a FNATIC demonstrou que consegue buscar jogo independente de ter um começo mediano na partida, mas não é o suficiente para fazer com que a Sentinels perca um mapa.

Até então, a equipe de Tyson “TenZ” está invicta no VALORANT Masters e pode terminar campeã sem perder um único mapa.

Haven

O terceiro mapa, de escolha da Sentinels, era a última chance da FNATIC garantir um ponto e continuar na disputa. Começando pelo lado atacante, os norte-americanos tiveram algumas falhas iniciais e os europeus conseguiram três pontos de defesa, começando com uma primeira metade disputada.

Após a Sentinels recuperar sua economia, porém, o time dispara e avança o placar para 7×3, aumentando a distância contra os rivais e garantindo seu lado terrorista.

A FNATIC começa a tentar forçar sua economia para voltar para a partida, mas o lado defensivo termina a favor dos rivais. Com a troca de lados, porém, a FNC volta a pontuar e seus bons ataques agressivos aproximam o placar para 9×6, revivendo os europeus na partida.

Com uma ótima atuação de James “Mistic”, a FNC não permite que os norte-americanos realizem um único retake positivo, empatando o jogo em 9×9 e dificultando a segunda metade para a Sentinels.

Mesmo com a aproximação dos europeus, a Sentinels não permitiu que os rivais virassem a partida e começa a entender a estratégia inimiga. Com dois ótimos retakes, a Sentinels marca seu terceiro matchpoint da série e fica a apenas um ponto de distância da vitória.

A FNATIC tentou buscar o jogo e uma possível prorrogação mas, diferentemente dos mapas anteriores, a Sentinels não permitiu e finalizou a série com 13×11, vencendo o torneio e garantindo o título de campeã mundial.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x