Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

Sharks Esports garante 2×1 contra Slick e permanece viva no VCT Brasil Finals

0

A segunda série de melhor de três das quartas de final do Valorant Champions Tour Brasil foi entre Slick e Sharks Esports, e a Sharks levou a melhor.

Tendo sido o primeiro terceiro mapa das séries do dia até então, a permanência para as semifinais foi disputada até o último segundo.

Em entrevista coletiva para a imprensa, o jogador Wallacy “prozin” destacou que o estilo de jogo de sua equipe é o melhor possível para jogar contra a Gamelanders, atual favorita do cenário e sua próxima oponente.

Icebox

No mapa de sua escolha, a Slick mostrou uma dominância na primeira metade do mapa, assegurando 9 rounds sem muita dificuldade.

O time de Erick “aspas”, um grande destaque da fila competitiva brasileira, confirmou o crescente favoritismo nesse primeiro mapa do confronto. A Slick finalizou o primeiro mapa com um placar de 13×9, e o destaque ficou para Lucas “ntk”, que superou o duelista da equipe e garantiu 17 abates.

Ascent

Assim como a Slick, a Sharks leva o seu mapa de escolha sem muitas dificuldades. A equipe de Wallacy “prozin” decidiu mudar a estratégia agressiva nesse segundo mapa, jogando de forma mais defensiva, mas dando espaço para a Sharks abusar de suas entradas explosivas.

A Sharks garantiu, rapidamente, os seis primeiros rounds do mapa, atacando de forma agressiva e tendo bom controle das regiões de plant. A Slick não conseguiu se adaptar aos avanços dos inimigos e marcou apenas quatro pontos durante toda a partida.

Com isso, a série empatou e empurrou a decisão para o último mapa, Haven, onde a equipe de prozin acumula 15 vitórias e apenas uma derrota.

Haven

Para o mapa decisivo, a Slick optou por tentar uma composição que lhes garantisse mais informações sobre a movimentação inimiga: Astra, Cypher, Skye e Sova, mas o duelista aspas permaneceu com a Jett.

A nova formação permite que a Slick consiga entrar nos bombsites com mais facilidade e a equipe garante os quatro primeiros rounds. No quinto round, porém, a Sharks consegue economia para vir com armamentos completos e consegue uma defesa melhor.

A equipe de prozin conseguiu se recuperar e empatou o jogo no 7×7, após um pause na primeira metade, e o jogo passa a ser apertado para ambos os times. A Sharks, no entanto, se recupera após um longo pause por queda de conexão de um dos jogadores e venceu o último mapa por 13×11.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x