Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

Heroic atropela FURIA e avança para final da ESL Pro League contra Gambit

0

Aconteceu, neste sábado, a segunda semifinal da ESL Pro League 13. A dinamarquesa Heroic e a brasileira FURIA se enfrentaram em uma série melhor de três para decidir quem iria disputar a grande final contra a Gambit, que acontece neste domingo, 11, 10h30 da manhã.

A Heroic não abaixou a guarda para os brasileiros e garantiu um 2×0 sem muitas dificuldades, embora a pontuação em ambos os mapas não tenha sido tão distante.

Mirage – 16×11

No mapa de escolha da FURIA, a equipe brasileira começou pelo lado terrorista – mas isso não lhe garantiu muita vantagem. Após perder o primeiro pistol round, a equipe de Kaike “kscerato”  se mostrou mais agressiva e assegurou os próximos três pontos, mas a Heroic vence seu primeiro armado e consegue empatar o jogo.

Mesmo com uma primeira metade apertada, a FURIA consegue deslanchar após o 6×6 e domina o bombsite B, encerrando seu desempenho no lado terrorista com um placar positivo de 9×6.

No lado defensivo, a FURIA começa com pouco êxito. Os dinamarqueses avançam com tudo para o bombsite B e as panteras não conseguem segurar os dois primeiros rounds.

O primeiro ponto defensivo da FURIA veio com a decisão de equipar as panteras com duas AWPs, mas os dinamarqueses não se dão por vencidos e a Heroic abre 13×10. Com problemas para o controle do mapa, a FURIA pede por uma pausa técnica.

Mesmo com resistência por parte da FURIA, a Heroic brinca pelo mapa e confunde as panteras, que não possuem uma estratégia de rotação ágil. Rapidamente, os dinamarqueses abrem 15×10 e ficam um ponto de distância de garantir o mapa de escolha da FURIA.

Com uma boa defesa de kscerato no bomb B, a FURIA consegue seu décimo primeiro ponto – mas não consegue impedir que a Heroic feche a Mirage logo depois, com um avanço agressivo pela B.

Dust2 – 16×10

Um mapa pouco convencional para ambas as equipes, deixar a Dust2 open foi uma escolha ousada. Mesmo tendo jogado o mapa competitivamente apenas duas vezes, a FURIA optou por vetar Overpass para evitar jogar uma partida decisiva contra a Heroic no mapa favorito deles.

Começando pelo lado CT de seu mapa de escolha, os dinamarqueses não conseguem conter o avanço das panteras, que rapidamente abrem o placar para 3×0 – com destaque para Andrei “arT” no primeiro pistol round.

Após 5 rounds, os dinamarqueses parecem ter entendido a estratégia das panteras nesse mapa e conseguem ótimos retakes em ambos os bombsites, fazendo o jogo empatar em 5×5.

A FURIA se recupera, com direito a um 4k de kscerato. A primeira metade termina em 9×6 para os furiosos, que não conseguiram segurar o sexto ponto dos dinamarqueses no bombsite B.

Com a troca de lados, a FURIA dá de cara com uma Heroic com um ataque mais organizado e não tem chance contra os rounds armados dos dinamarqueses. Os brasileiros vacilam nos retakes e a Heroic empata o placar em 10×10.

Sem conseguir se recompor, a FURIA não consegue um bom controle desse mapa e a Heroic abusa de seu ataque agressivo – especialmente em direção ao bombsite B. Os dinamarqueses finalizam a vitória nesse segundo mapa com um ataque de sucesso para o bomb A.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x