Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

VCTBR: Valorant Masters começa com vitória de Gamelanders e Furia

Os dois times se classificam para semifinal e competem entre si semana que vem; Slick e Imperial estão fora do campeonato

0

Gamelanders e Furia estão a um passo da final do Valorant Masters. Os times saíram vitoriosos das séries Melhor de Três (MD3), que aconteceram hoje (13). 

A Gamelanders jogou contra Slick nos mapas Ascent e Bind e levou a melhor em ambos. Já a Furia disputou a permanência no campeonato contra a Imperial e desta vez, houve a necessidade de um terceiro jogo. As panteras ganharam o primeiro e terceiro mapa, Split e Ascent, enquanto os imperadores saíram com a vitória apenas no segundo, Haven. 

Infelizmente, os times que perderam os jogos de hoje – Slick e Imperial – já estão fora do campeonato. No próximo sábado (23), GL e FUR jogarão entre si para definir o primeiro finalista do Valorant Masters. 

Gamelanders x Slick (2-0)

O começo da partida na Ascent foi equilibrado. A Slick começou ganhando e o Lucas “ntk” Martins fez um belo “Clutch” no 10º round, mas a vantagem ficou para Gamelanders, que marcou 7 pontos contra 5. Na segunda metade do jogo, a GL foi imponente e agressiva nos ataques. A SLK não conseguiu driblar a tática inimiga e marcou apenas um ponto quando passou a defender. A primeira partida da MD3 terminou, então, em 13×6 para a Gamelanders. 

Neste jogo, Guilherme “Nyang” Coelho apareceu de Killjoy, um agente incomum de ver nas mãos dele. O destaque ficou para o Walney “Jonn” Reis – de Reyna, o jogador marcou presença nos rounds e fez abates importantes para garantir a vitória do time. 

No segundo jogo da MD3, que aconteceu na Bind, a Slick se destacou e o Hernan “hastad” Klingler abateu 20 adversários só na primeira metade, que ficou 7×5 para o time. O jogo, porém, virou – nos dois sentidos. A Gamelanders ganhou o pistol e o round seguinte, igualando o placar. A partir daí, a GL se manteve à frente e deixou de marcar apenas dois pontos. A série foi concluída com um 13×9 na partida e 2×0 para a Gamelanders. 

Nyang repetiu o pick anterior de Killjoy no mapa e trouxe rodadas importantes para o seu time, incluindo a última, que garantiu o time a vitória. Mas mais uma vez, Jonn se sobressaiu com mais abates e maior pontuação de combate.

Furia x Imperial Esports (2-1)

A Furia fez o mesmo que a Gamelanders e trouxe alguns agentes em mãos diferentes na Split – Gabriel “qck” Lima jogou de Sage e Agustin “nzr” Ibarra, de Raze, que, inclusive, foi destaque. Na Imperial, João Victor “B1scoitin” Vieira e Kayke “Evilkyk” Arrais jogaram sem os personagens principais deles, Jett e Sova, mas a composição que trouxeram já havia sido vista. 

Apesar da “inexperiência” da FUR com essa seleção de agentes no competitivo, a melhor ficou para eles e por uma grande diferença no placar: 13 a 3. Os únicos três pontos feitos pela IMP foram na primeira metade do jogo, enquanto atacavam.

No segundo mapa, Haven, com picks tradicionais, a Imperial acordou e logo na primeira metade fez 10 pontos contra 2. O time teve uma postura mais agressiva e tomou decisões corretas ao longo do jogo. A Furia conseguiu fazer cinco pontos quando passaram a atacar, mas a vitória ficou para a IMP por 13×7. 

O desempate da série se deu na Ascent, Furia na defesa e Imperial no ataque. As panteras se sobressaíram na primeira metade, marcando 9 pontos contra 3, e na troca de lados, mal deixaram os adversários respirarem – elas emplacaram mais quatro pontos em sequência. Com isso, a FUR garantiu a vitória na partida e na MD3 por 2×1.

Amanhã (14), Vorax e paiN Gaming disputam uma vaga na semifinal do Valorant Masters a partir das 19h, horário de Brasília. Em seguida, Team Vikings e Sharks Esports (antiga Squad5) também se confrontam para definir quem continua no campeonato. A transmissão acontecerá nos canais oficiais do Valorant Brasil na Twitch e no Youtube.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x