Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

Team Vikings supera X10 Esports por 2×0 e continua na chave principal do VALORANT Masters

0

Com uma série bastante disputada, a Team Vikings venceu os dois mapas de seu primeiro jogo no VALORANT Masters de Reykjavik e eliminou a equipe tailandesa X10 Esports.

Após a derrota da Sharks Esports para a NUTURN Gaming, a VKS é o único time brasileiro a continuar representando o país na chave principal. O próximo jogo dos brasileiros será contra o vencedor do duelo entre Sentinels e FNATIC, que acontece ainda hoje, por volta das 17h00.

Veja, abaixo, o resumo da série de melhor de três:

Icebox

O primeiro mapa da série, escolha da X10 Esports, começou com um forte lado atacante pelos brasileiros. Com uma composição bastante agressiva, a Team Vikings garantiu os dois primeiros pontos rapidamente, mas não demorou muito para os tailandeses começarem a cobrar o avanço inimigo.

O jogo começa a ficar um pouco mais similar após o terceiro ponto da X10, com o placar em 6×3. O bom uso da Viper do jogador Nutchapon “sScary” começa a dificultar o trabalho conjunto dos brasileiros, que força a VKS a trabalhar mais lentamente e rotacionando.

Com uma longa pausa na partida após um problema no cliente do jogador Matias “Saadhak”, o jogo, que estava próximo, retorna com o placar de 9×5 favorável para a VKS. Após o longo pause, a X10 consegue se reorganizar e cobra bastante os brasileiros, com destaque para a Jett de Patiphan.

Após a troca de lados, os tailandeses começaram a atacar com mais força e aproximaram o jogo novamente, mas não foi o suficiente para impedir que os brasileiros alcançassem seu primeiro matchpoint da série.

A X10 Esports tentou buscar uma prorrogação com o décimo primeiro ponto, mas a equipe de Gustavo “sacy” não cedeu e finalizaram o primeiro mapa com vitória por 13×11, ficando a um mapa de distância da permanência na chave principal.

Ascent

No mapa de escolha dos brasileiros, a VKS começou pelo lado atacante, mas teve um início de jogo um pouco conturbado. Com uma composição que garante menos controle de área do que a dos inimigos, a primeira metade do jogo foi disputada e empatou o placar, inicialmente, em 4×4.

Ambos os times tentam forçar os últimos rounds da primeira metade, mas o jogo empata novamente em 6×6. Sem vantagem para um dos dois lados, a segunda metade começa zerada, com a VKS marcando o primeiro ponto devido a agressividade defensiva de sua composição.

Após perder os primeiros dois rounds de ataque, os tailandeses decidem forçar o terceiro round e conseguem seu primeiro ponto terrorista com um bom avanço pelo meio.

O quarto round da segunda metade foi o primeiro armado completo para ambos os times, mas a VKS levou a melhor e garantiu mais vantagem com o placar a 9×7. O décimo ponto dos brasileiros no segundo mapa veio com uma ótima atuação de Sacy, que eliminou dois jogadores e garantiu o retake.

A X10 conseguiu seu oitavo ponto com um forçado invadido pelo meio, mas a VKS aumentou a distância para 11×8 com um retake 4×1 após o plant feito por sScary. O segundo matchpoint brasileiro da série, o que os aproximou do fim, contou com um bloqueio do avanço inimigo pelo meio.

Os tailandeses tentaram buscar a vitória, conseguindo seu décimo primeiro ponto e dificultando o final do jogo para os brasileiros. Sem reação da Team Vikings para os fortes avanços dos rivais, o segundo mapa vai para a prorrogação.

Os brasileiros conseguem realizar o primeiro plant da prorrogação e garantem o 13×12. A X10 revida e consegue realizar o seu plant, mas o retake brasileiro é rápido e a Team Vikings garante a série por 2×0.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x