Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

CS:GO: acordo da ESL Pro League estende parcerias com equipes até 2025

Furia é a única equipe brasileira integrante do Acordo do Louvre

0

O campeonato ESL Pro League de Counter Strike:Global Offensive (CS:GO)  anunciou nesta quinta-feira (13)  que 14 das equipes mais influentes da modalidade vão seguir juntas por mais três anos. O fato ocorreu por meio do Louvre Agrément (Acordo do Louvre) e foi estendido até 2025.

Recentemente, os brasileiros da FURIA e a organização estrangeira BIG confirmaram que iriam integrar o grupo de parceiros. Os times que já faziam parte do acordo o renovaram e agora FURIA e BIG se juntam aos participantes. Alex Inglot, comissário da ESL Pro League, foi responsável por anunciar a novidade. Confira as equipes que trabalharão em conjunto à ESL Gaming para  auxiliar no crescimento do torneio:

Astralis;
BIG;
Complexity Gaming;
Evil Geniuses;
ENCE;
FaZe Clan;
Fnatic;
FURIA GG;
G2 Esports;
Mousesports;
Natus Vincere;
Ninjas in Pyjamas;
Team Liquid;
Team Vitally.

O Louvre Agreement

O acordo do louvre  – tradução literal – é um contrato entre algumas das maiores e mais influentes equipes de eSports (esportes eletrônicos) do mundo com a ESL Gaming, que é pioneira e líder de mercado em organização de eventos e campeonatos voltados para o mundo dos esportes eletrônicos.

É por meio do acordo que os membros unem esforços em prol da evolução da ESL Pro League (EPL), para que juntos estabelecem novas estruturas; visando aumentar a contribuição e melhor distribuição das receitas da liga.

Tudo isso é feito com o intuito de de impulsionar a estabilidade das organizações por meio de novas oportunidades comerciais que potencializam o desenvolvimento futuro da EPL.

Segundo comunicado à imprensa, a empresa afirmou que a extensão mira um futuro inovador.

Vale lembrar que não se trata apenas de uma extensão do acordo em número de anos. Ela inclui a oportunidade de maiores receitas para cada um dos membros e um compromisso tangível de dobrarmos os esforços no cenário Norte Americano. A extensão também traz um voto de confiança no recém-lançado CS:GO Hub, uma ferramenta integrada de análises e treinamento, e cria também um fórum onde podemos discutir a viabilidade de longo prazo de ações inovadoras como o lançamento de NFTs focados em CS:GO.”

Brasileiros no acordo

A equipe da FURIA é uma das principais organizações de eSports do Brasil e a única organização brasileira participante do acordo. Jaime Pádua, co-fundador e co-CEO da organização, declarou que a extensão do acordo deixa o time “ainda mais confiante e mais ambicioso”. Pádua acredita que isso acontece por conta da evolução que pode ser conquistada.

“Teremos mais tempo para atuar no desenvolvimento do cenário Norte Americano e, no nosso caso, do universo de Esports da América Latina. Esse movimento reflete a unidade de propósitos entre as 14 organizações signatárias e a ESL Gaming. Confirma a intenção do grupo de seguir trabalhando e investindo na evolução do Universo competitivo de CS:GO em todo o planeta.”

Já Inglot tocou no assunto das dificuldades que os eSports vêm sofrendo nos últimos dois anos devido à pandemia.

“Apesar dos desafios globais e das incertezas dos últimos 24 meses, estou orgulhoso com o fato de termos criado juntos algo tão dinâmico para o eco sistema do CS:GO. O Louvre Agrément representa a manifestação de um desejo comum de criarmos uma estrutura sustentável e ambiciosa dentro do CS:GO, um mecanismo que funciona para impactar e influenciar positivamente o resto deste eco sistema.”

Leia mais:

VALORANT: nova agente Neon não será jogável no VCT Qualifier Brasil

 

CS:GO: Last Dance de FalleN recebe proposta de Imperal

CS:GO: “Sempre quis estar no top 5 desde quando entrei no cenário feminino”, diz Olga

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x