Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

Havan Liberty perde para Crazy Raccoon e está eliminada do VALORANT Masters

0

Após a Vivo Keyd vencer a japonesa ZETA Division e garantir mais uma chance no VALORANT Masters, foi a vez da Havan Liberty lutar por mais uma vaga brasileira no torneio internacional.

A série, no entanto, não foi favorável para os brasileiros. Com 2×0 para a equipe japonesa Crazy Raccoon, o time ficou para trás e foi eliminado do VALORANT Masters de Berlim.

Com isso, a Vivo Keyd permanece sendo a única representante brasileira e sul-americana no torneio, e terá mais uma disputa amanhã, 16h00.

Veja, abaixo, como foi o confronto:

Haven

Crazy Raccoon

  • An-min Cheol ’Medusa’: Cypher
  • Yusuke ’neth’: Raze
  • Byeon ’Munchkin’: Jett
  • Teppei ’ade’: Brimstone
  • Hideki ‘Fisker’: Skye

Havan Liberty

  • Gustavo ‘krain’: Breach
  • Gabriel ‘shion’: Skye
  • Rodrigo ‘Myssen’: Cypher
  • Marcelo ‘pleets’: Astra
  • Felipe ‘liazzi’: Jett

No primeiro mapa da série, de escolha da Havan Liberty, os brasileiros começaram pelo lado de ataque. Mesmo com uma metade favorável para os rivais – graças ao ótimo uso das utilidades da Skye de Fisker, uma das agentes mais fortes do meta atual -, a HL conseguiu marcar quatro pontos de ataque e finalizou a primeira metade na média.

Após vencer o segundo pistol da série, os japoneses dispararam cinco rodadas em sequência e ampliaram a distância contra os brasileiros, que só voltaram a pontuar na sexta rodada.

Com o décimo segundo ponto dos rivais, a HL retornou para o jogo e afastou a vitória por mais quatro rodadas. Mesmo com o empenho final, não foi o suficiente para impedir que a Crazy Raccoon recuperasse sua economia e finalizasse o jogo por 13×9, aos 52 minutos e 56 segundos de partida.

Split

Crazy Raccoon

  • An-min Cheol ’Medusa’: Cypher
  • Yusuke ’neth’: Astra
  • Byeon ’Munchkin’: Jett
  • Teppei ’ade’: Viper
  • Hideki ‘Fisker’: Skye

Havan Liberty

  • Gustavo ‘krain’: Skye
  • Gabriel ‘shion’: Raze
  • Rodrigo ‘Myssen’: Viper
  • Marcelo ‘pleets’: Astra
  • Felipe ‘liazzi’: Killjoy

No segundo e último mapa da série, onde os japoneses iniciaram a partida pelo lado de ataque, os brasileiros demonstraram problemas em conter o avanço. Mesmo abusando da composição de apenas um duelista, a Crazy Raccoon optou por avançar com seus utilitários.

Encerrando a primeira metade por 9×3 e mostrando uma grande dominância em cima dos brasileiros, a equipe de Yusuke ‘neth’ garantiu uma boa distância para a troca de lados, mas enfrentou uma Havan Liberty mais confiante no último round defensivo.

Com a troca de lados, porém, essa confiança repentina não permaneceu – e a Crazy Raccoon garantiu seu quarto pistol round da série, chegando ao décimo primeiro ponto.

Após equilibrar sua economia, a HL disparou na segunda metade e alcançou o oitavo ponto, com uma ótima atuação de Gabriel ‘shion’, que alcançou 24 abates, liderando a equipe e forçando uma pausa tática por parte dos rivais.

Retornando para o jogo, a CR reposiciona sua defesa com Viper e Skye no lado A, impedindo o plant da spike e garantindo o décimo segundo ponto – estando a apenas um round da vitória.

Com dois abates da Viper de ade, os japoneses finalizam o mapa e vencem a série por 2×0, avançando para o duelo contra Gambit Esports em busca da vaga nos playoffs.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x