Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

PC gamer ideal para rodar de tudo | testes em 15 jogos

0

Ao contrário do que muitos, incluindo nós da Pichau, pensávamos, é possível sim ter um verdadeiro PC gamer mesmo sem uma placa de vídeo, e provaremos isso com testes em 15 jogos, dos mais leves aos mais pesados. Para isso, fizemos overclock e alteramos algumas configurações para extrair a máxima performance. Confira todas as mudanças. Ressaltamos que é importante que o vídeo abaixo seja assistido para uma melhor visualização do conteúdo.

Recentemente, falamos sobre o Ryzen 5 5600G e mostramos, com detalhes, a configuração recomendada para levar os games. Desta vez, trazemos o desempenho na prática deste processador e sua placa de vídeo integrada. Como dito, ele possui performance semelhante ao 5600X, um dos CPUs mais rápidos do mercado. Veja abaixo a configuração base.

Configuração base

  • Processador: AMD Ryzen 5 5600G
  • Placa mãe: ASRock B550
  • Memória RAM: 16GB T-Force
  • Armazenamento: SSD 240 GB
  • Fonte: Nidus 500W

Alterações no CPU

O Core Clock desse processador não foi alterado. Sendo assim, os 12 threads e 6 núcleos estão todos em Stock, trabalhando na casa dos 4.4 GHz, o que já o suficiente para nossa proposta. Sem essa modificação, teremos uma economia de calor.

PC gamer
Imagem: Pichau

Overclock iGPU e RAM

Já o Core Clock da GPU integrada ao processador foi modificado. Inicialmente, a Vega traz 1.900 MHz de frequência, que alteramos para 2.400 MHz com uma tensão de 1.3V. Isso foi o suficiente para manter a CPU estável. Não tivemos aquecimento, travamento, variações de performance e nem telas azuis. É importante ressaltar que essa performance não é exata! Cada processador é único e os números podem variar.

PC gamer
Em vermelho, os parâmetros modificados – Imagem: Pichau

Além da alteração na placa de vídeo, fizemos um overclock também na memória RAM. No primeiro teste que fizemos, a nossa RAM trabalhava a 3.200 MHz, mas a impulsionamos para atingir os 3.800 MHz. Vale dizer que estamos utilizando uma configuração Dual Channel, o que é de suma importância para que se atinja a performance desejada.

PC gamer
Imagem: Pichau

Compartilhando 4GB de RAM

Quando fizemos overclock em nossa memória RAM, fizemos também, por consequência, um upgrade na frequência de nossa memória de vídeo. A GPU integrada utiliza a RAM, ao invés da vRAM. Sendo assim, compartilhamos 4GB, que pularam de 1.600 MHz para 1.900 MHz, do nosso total com a placa de vídeo. Essa foi a nossa última alteração.

PC gamer
Overclock na memória RAM compartilhada com a iGPU – Imagem: Pichau

Testes em jogos

Abaixo, é possível encontrar o desempenho na prática em alguns jogos. Para a visualização completa do conteúdo, com todos os games selecionados e trechos da gameplay, assista ao vídeo anexado logo após o primeiro parágrafo de texto.

  • Call of Duty: Warzone
Warzone
Imagem: Pichau
  • The Witcher 3
The Witcher 3
Imagem: Pichau
  • Dota 2:
Dota 2
Imagem: Pichau
  • Flight Simulator 2020:
PC gamer
Imagem: Pichau
  • CS:GO:
CS:GO
Imagem: Pichau

Conclusão

Como prometemos, a configuração é capaz de levar diversos jogos. É claro que a performance não é a mesma de um setup munido de uma GPU 1660, pois, mesmo sendo excelente opção, ainda é uma placa de vídeo integrada. O principal ponto é que o AMD Ryzen 5 5 5600G permite que, ainda que no baixo, você rode os principais jogos em Full HD, coisa que não seria possível com outros modelos semelhantes.

Aviso: Overclock é um procedimento simples mas que deve ser feito com cautela e por sua conta e risco, visto que estão sendo elevados os parâmetros dos componentes.

Adquira o AMD Ryzen 5 5600G clicando aqui.

Confira também: Pichau News| novo ROG Phone 5s, cachorro robô e muito mais

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x