Pichau Arena
Uma Batalha de Informações

3 opções de PC gamer com valores entre R$ 2 mil e R$ 6 mil

Preparados para GTA V, PUBG, Free Fire, Fortnite e muito mais.

2

Pensando em todo tipo de público, traremos três opções de PC gamer para rodar os principais títulos da atualidade. O primeiro deles será para aqueles que buscam entrar no mercado gamer Full HD, o segundo um computador básico que permite bons upgrades no futuro e o último é o recomendado para um verdadeiro PC gamer. Os valores variam de R$ 2 mil a R$ 6 mil, e podem sofrer alterações de acordo com a disponibilidade e ajustes.

Computador 1 – Entrada

PC gamer
Imagem: Pichau
Produto sujeito a alterações.

Processador

Começando pelo processador, utilizaremos um AMD Ryzen 5 2400G de 4 núcleos reais e 8 threads, que possibilitam a realização de várias ações simultaneamente. É interessante para os jogos pois possui 8 threads e uma placa de vídeo integrada, de modelo Radeon™ RX Vega 11 Graphics. Isso garante um melhor desempenho que os concorrentes da mesma faixa de preço. Vale lembrar que o seu clock básico é de 3.6 GHz, e o clock de max boost é de 3.9 GHz.

Placa mãe

Por questões de compatibilidade, precisamos de uma placa mãe com o socket AM4. Sendo assim, escolheremos o chipset mais básico, uma Biostar A320MH, que leva nosso processador sem problemas e ainda permite alguns upgrades futuros. Este modelo suporta até 32 GB de memória e conta com 2 slots no padrão DDR4. Possui também dois slots PCI-E 3.0 x1, 1 slot PCI-E 3.0 x16 e 4 conexões SATA3 6 GB/s.

Memória RAM

Pensando em performance, optamos por uma configuração 2×8. Assim, conseguiremos fazer uso da tecnologia Dual Channel, que nos permite ter de 8 a 12% a mais de performance. O modelo escolhido foi a Crucial Ballistix no padrão DDR4 que trabalha a 2.666 MHz.

Armazenamento

O SSD é um item de suma importância e não muito valorizado e, por isso, optamos por um Lexar de 256GB com capacidade de leitura de 6GB/s. Ele possui uma boa capacidade, ótimo preço e ajudará nosso sistema a ser mais responsivo para tarefas usuais, como a abertura de programas e a inicialização.

Fonte de alimentação

Para sustentar nosso setup, uma fonte de 400W é o suficiente. Por isso, escolhemos uma Mancer Thunder 400W com a certificação BRONZE 80 Plus.

Gabinete

O gabinete é um item que varia muito de acordo com o gosto pessoal. Como nossa proposta é um PC gamer de entrada, escolheremos também um gabinete de entrada, e o modelo escolhido foi o Pichau Dragoon, com lateral em vidro removível e excelente refrigeração.

O valor deste PC montado é de R$ 2.923,37 e, para adquiri-lo pronto, clique aqui.

Computador 2 – Básico com upgrades

PC gamer
Imagem: Pichau
Produto sujeito a alterações.

Processador

Escolhemos um AMD Ryzen 3 2200G. Trata-se de um processador que conta com placa de vídeo integrada. Possui quatro núcleos reais e quatro threads, que possibilitam a realização de algumas ações simultaneamente. Este modelo permite que tenhamos uma boa performance em nossa proposta. Além disso, conta com um clock básico de 3.5 GHz e um boost de 3.7 GHz. Utilizaremos o cooler box original deste processador.

Placa mãe

Por mais que a A320M seja mais barata e suporte nosso 2200G, não a escolheremos, pois a diferença de preço acaba não compensando. Além disso, ela não permite overclock no processador e nem na memória RAM. Pensando no futuro, iremos de B450M, que conta com dois slots de memória e possui um excelente custo-benefício, permitindo até mesmo um upgrade futuro no processador.

Memória RAM

Pensando em performance, optamos por uma configuração 2×8. Assim, conseguiremos fazer uso da tecnologia Dual Channel, que nos permite ter de 8 a 12% a mais de performance. O modelo escolhido foi no padrão DDR4 e trabalha a 2.666 MHz.

Armazenamento

O SSD é um item de suma importância e não muito valorizado e, por isso, optamos por um de 1 TB com capacidade de leitura de 6GB/s. Ele possui uma boa capacidade para armazenar nossos jogos, preço justo e ajudará nosso sistema a ser mais responsivo para tarefas usuais, como a abertura de programas e a inicialização.

Fonte de alimentação

Para sustentar nosso setup, uma fonte de 400W é o suficiente. Por isso, escolhemos uma Mancer Thunder 400W com a certificação BRONZE 80 Plus.

Gabinete

O escolhido foi o belo Mancer Frost RGB, um gabinete muito bonito que possui um acabamento além do comum. Conta com corpo em aço resistente, lateral em vidro temperado, PSU cover, filtro anti-poeira imantado e frente em aço e plástico texturizado, totalmente do tipo mesh, o que permite um excelente fluxo de ar. Estão inclusas 3 ventoinhas de 120mm com iluminação RGB.

O valor deste PC montado é de R$ 3.308,90 e, para adquiri-lo pronto, clique aqui.

Computador 3 – O verdadeiro PC gamer

PC gamer
Imagem: Pichau
Produto sujeito a alterações.

Processador

O escolhido foi um processador de 4 núcleos reais e 8 threads, o AMD Ryzen 3 3300X. O clock básico deste modelo é de 3.8GHz, podendo atingir até 4.3GHz com boost. O TDP padrão é de 65W, e são 16MB Cache AM4.

Placa mãe

Escolheremos o chipset mais básico, uma ASRock A320M-HDV, que leva nosso processador sem problemas e ainda permite alguns upgrades futuros. Este modelo suporta até 32 GB de memória e conta com 2 slots no padrão DDR4. Possui também dois slots PCI-E 3.0 x1, 1 slot PCI-E 3.0 x16 e 4 conexões SATA3 6 GB/s.

Memória RAM

Utilizaremos Single Channel numa configuração 1×8, por questões de economia. Em Dual Channel, se ganha aproximadamente entre 8 e 12% de performance, entretanto, é mais caro. No futuro, é possível fazer um upgrade e ficar com 16GB em Dual Channel. Escolhemos o modelo Crucial Ballistix DDR4 que trabalha numa frequência de 2.666 MHz.

Armazenamento

Para armazenamento bruto, escolhemos um HD Toshiba P300 de 1TB. Este modelo é veloz (não tanto quanto um SSD) e conta com 3.5″ no padrão SATA III e capacidade de leitura de 6GB/s.

Placa de vídeo

Uma Gigabyte Geforce GTX 1650 Super 4GB Windforce OC. Ela tem praticamente o mesmo desempenho da 1660, o que garante uma vantagem competitiva. Em termos de valor, ela sai por aproximadamente R$ 2.700,00, um excelente custo-benefício dentro da atual situação. Em performance, será possível rodar os jogos em qualidades médias e altas. É um excelente custo-benefício.

Fonte de alimentação

Para sustentar nosso setup, uma fonte de 500W é o suficiente. Todavia, relembramos que ela precisa ser de boa qualidade. Por isso, escolhemos uma Pichau Gaming NIDUS 500W com aprovação pelo Cybernetics e certificação 80 Plus.

Gabinete

Por fim, instalaremos em um gabinete Pichau Kronen RGB. Este modelo possui lateral em vidro removível e conta com iluminação RGB. É uma ótima opção no mercado.

O valor deste PC montado é de R$ 5.837,93 e, para adquiri-lo pronto, clique aqui.

Vale ressaltar que as configurações de PC gamer vão desmontadas. Para entender o motivo desta mudança, clique aqui.

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Felipe de Paula
Felipe de Paula
14/06/2021 10:24

Na parte do segundo computador, em armazenamento, ele usa um HD 1 Tbm, mas começaram falando como de fosse um SSD… Bom corrigirem aí pra não confundir a galera…

Rei
Rei
14/06/2021 12:19

Roda algum programa pra arquitetura.. estudando. Se não. Me indiquem um. Com um preço acessível. Obrigado.

2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x